quinta-feira, 22 de julho de 2010

E como disse, ontem fui ao quartel antes e depois do treino, mas ele não estava lá. Confesso que ao entrar no quartel senti um friozinho na barriga, mas passou rapidamente, quando vi que ele não estava lá. Gostava que estivesse queria acabar com esta situação, assim não sei como ficamos quando nos virmos. Hoje vi-o, quando passei no quartel a caminho do trabalho, ele estava sentado lá no muro, mas desviei o olhar e não faço, ideia se me viu. Não era assim que o queria ver, queria estar frente a frente. Tenho de resolver esta situação duma vez, senão vou estar sempre ansiosa e nervosa.

2 comentários:

Palavras de outros anjos...