terça-feira, 30 de março de 2010

Estarei a ficar desactualizada....

No sábado fui com o A. a uma discoteca, coisa que não gosto, mas como a irmã estava cá, ele quis aproveitar para fazer algo que já não fazia há muito, dançar. Com pouca vontade de ir lá fui eu para aquele local barulhento e cheio de fumo (saímos de lá parecemos presuntos). Enquanto eles dançavam, eu estava lá sentadita (não gosto daquele tipo música) e ia ''apreciando'' as pessoas que passavam a minha frente. Posso começar por dizer que era só canalhada ou então solteironas e solteirões, à espera que alguém lhe ''piscasse'' o olho, sinceramente não havia pessoas decentes para além do nosso pequeno grupo, senti-me completamente a lestes da li, não fazia parte daquele cenário. Pior me senti quando comecei a ver a forma com aquelas raparigas se vestem, aliás aquilo nem é considerado roupa. Andam semi nuas e a pouco roupa que trazem faz lembrar um qualquer ''boteco'' de muito pouca qualidade. Os meus olhos quase me saltaram da órbita quando uma rapariga me aparece à frente com um corpete vermelho, daqueles que as mulheres antigamente usavam para trabalhar em tabernas, daqueles que o meu pensamento foi ''Ai ca p....''. A sério fiquei completamente chocada com aquele cenário, acho que aquilo deixou de ser uma discoteca, mais parece um local de engate do mais rasca que existe, onde não existe respeito, cultura e civismo. E assim ao fi m de meia hora de lá estar, saí, não fosse ficar contagiada por um qualquer síndrome de ignorância e irracionalidade. Nunca mais volto aquela casa de p...., camuflada.

Um comentário:

  1. Eu também não gosto de discotecas, e se for assim ainda pior.

    ResponderExcluir

Palavras de outros anjos...